5 Dicas de como se prevenir das doenças oculares mais comuns

É fácil não se preocupar tanto com sua visão quando está tudo certo, até que algo aconteça para ameaçá-la. Isso destaca a importância da visão.

Nesse post explicamos as cinco doenças mais comuns que afetam a visão e compartilhamos dicas para preveni-las.

  1. Catarata

O problema: Os raios de luz dos objetos devem passar por suas lentes para alcançar as células sensoriais de luz da retina. Quando uma catarata turva o cristalino, sua visão fica embaçada e as luzes formam um halo.

Dicas de prevenção: Proteja os olhos com lentes que bloqueiem a luz UVA e UVB e evite fumar. É importante controlar sua pressão arterial, cuidar de seu peso e controlar o diabetes também.

  1. Retinopatia diabética

O problema: Sua retina transforma luz em sinais que seu cérebro pode processar. O diabetes pode inchar a retina e fazer os vasos sanguíneos vazarem ou crescerem, causando manchas, flashes, moscas volantes, dor e pressão.

Dicas de prevenção: Faça exames anuais com a dilatação da visão para detectar precocemente problemas oculares diabéticos, o que pode prevenir ou retardar a perda de visão. Controlar a glicose no sangue e a pressão arterial também é fundamental.

  1. Degeneração macular

O problema: Você depende de células sensoriais de luz na mácula, o centro da retina, para o que é chamado de visão central. Na degeneração macular relacionada à idade (DMRI), a ruptura do tecido ou o crescimento dos vasos sanguíneos na mácula torna difícil ver os rostos, ler, dirigir e muito mais.

Dicas de prevenção: Evite fumar, o que dobra o risco de degeneração macular com a idade. Faça exercícios regularmente, controle a pressão arterial e o colesterol. Além disso, coma muitas verduras e peixes.

  1. Glaucoma

O problema: A quantidade certa de fluido deve preencher o espaço dentro do seu olho. A pressão de muito fluido danifica o nervo óptico, que então rouba sua visão periférica e depois central.

Dica de prevenção: Trabalhe com seu oftalmologista para manter a pressão do olho bem controlada e evitar perder a visão.

  1. Erros de refração

O problema: O globo ocular, a córnea e o cristalino devem ter o formato correto para que os raios de luz se dobrem (refratem) e pousem na retina para chegar ao cérebro. Se esse processo não acontecer, a visão embaça.

Em erros de refração, os raios de luz não se dobram e pousam onde deveriam no olho. Os erros de refração incluem:

  • Miopia (miopia): os raios de luz ficam aquém da retina. Visão de longe (hipermetropia): os raios de luz ultrapassam a retina.
  • Astigmatismo: os raios de luz incidem de forma desigual na superfície da retina.
  • Dificuldade relacionada à idade em focar de perto (presbiopia): os raios de luz sobem na retina, tornando a leitura e outros trabalhos de perto um desafio.

Dica para correção: Exames oftalmológicos são recomendados anualmente antes dos 18 anos e depois dos 65 anos, e a cada dois anos entre eles (a menos que você tenha um problema médico ou ocular que requeira atenção frequente).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. *Campos obrigatórios